Acontece in Loco quer valorizar a montanha do Alto Minho


O projeto Acontece in Loco – Montanha Alto Minho, promove o desenvolvimento das aldeias de montanha da região do Alto Minho, enquanto comunidades locais ameaçadas na sua continuidade, em função da altitude, dos declives acentuados e da menor acessibilidade aos centros urbanos e às suas oportunidades.

As aldeias de montanha do Alto Minho são ainda aldeias vivas, em que as atividades e modos tradicionais de ocupação do espaço têm persistido, mantendo territórios de alto valor natural e paisagístico. Este valor resulta de uma articulação sinérgica entre as atividades tradicionais, a agro-silvo-pastorícia e a fileira florestal, e algumas das atividades emergentes, como o turismo e o lazer, que têm tido um grande crescimento.

Este projeto pretende dar a conhecer as comunidades que ainda vivem e retiram da montanha o seu sustento, focando-se nas necessidades das pessoas das aldeias e nas potencialidades e serviços de ecossistema que os territórios de montanha geram para a sociedade. O projeto tem em vista a introdução de inovações incrementais que contribuam para aumentar o valor acrescentado das atividades locais e a qualidade de vida. Procura ainda contribuir para dotar a região e a Rede Rural Nacional de instrumentos de monitorização adequados ao contexto da montanha, que permitam um conhecimento atualizado sobre as condições de vida nas comunidades.

O Projeto Acontece in Loco – Montanha do Alto Minho pretende, em síntese, potenciar o papel e as funções essenciais dos agentes locais e regionais de desenvolvimento no apoio à transição dos sistemas agro-silvo-pastoris e florestais das aldeias de montanha para sistemas territoriais inovadores e resilientes, capazes de responder aos desafios.

Vários contributos para melhor conhecer a montanhas e as suas dinâmicas foram reunidos num E-book, Acontece in Loco – Dias de Campo, que pode consultar aqui

Foi ainda produzido um vídeo em que alguns produtos endógenos, como a Carne Cachena da Peneda, o Feijão Tarreste e variedades regionais de maçã, são valorizados na confeção de receitas inovadoras desenvolvidas pela Escola de Hotelaria e Turismo de Viana do Castelo. 

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit sed.