Amanhã é dia de celebrar o enoturismo

Desde 2009 que o enoturismo passou a ter um dia em sua honra. A rede Europeia de Cidades do Vinho decidiu que o segundo domingo do mês de novembro seria dia para assinalar o enoturismo. Em 2019, o Dia Europeu do Enoturismo passa também a designar-se Dia Mundial do Enoturismo, com a entrada no projeto da Aenotur – Associação Internacional de Enoturismo.

Esta atividade turística que se baseia na viagem motivada pela prova e degustação dos vinhos, tornou-se tendência e, cada vez mais, ganha adeptos. Viajar já é bom, viajar e conhecer vinhas enquanto se faz provas de vinhos é muito melhor. 

No Minho, há várias rotas que pode percorrer. No Carmo’s Boutique Hotel em Ponte de Lima, para além dos jantares de degustação com harmonização de vinhos, este hotel organiza visitas a quintas produtoras da região, como é o caso da Quinta de Soalheiro e do Palácio da Brejoeira.

Em Amares, também pode fazer o roteiro pelos vinhos verdes. À chegada ou durante a estadia na Casa Lata, os hóspedes são convidados a fazer uma degustação de vinhos acompanhada de vários petiscos regionais. Durante a estadia, também tem a oportunidade de conhecer a adega onde se produz o vinho Terras de Amares. 

Se gosta de explorar a natureza, a Adega Ponte da Barca tem um passeio ideal para descobrir as magníficas paisagens do Parque Nacional da Peneda-Gerês. Nesta viagem, não faltará a visita pelas principais vinhas da produção da adega e a prova dos seus vinhos verdes. Este seria um plano para um dia completo, onde o almoço tem lugar marcado num restaurante típico no Soajo com a harmonização dos vinhos verdes Adega de Ponte da Barca. No decorrer do dia, terá a oportunidade de degustar 3 vinhos Adega Ponte da Barca, que serão apresentados com produtos regionais. 

A melhor forma de desfrutar deste dia, é fazer precisamente o que a definição nos pede: apreciar os vinhos nas regiões que o produzem.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit sed.