EP3 | Alimentação Minhota séc XVI a XVIII com Anabela Ramos

Pode ainda assistir ao vídeo, aqui:

A alimentação minhota dos sécs. XVI, XVII e XVIII | Anabela Ramos

Podcast | Vai dar uma curva com Rafael Oliveira | 1ª Temporada – EP3

Uma boa conversa sobre alimentação e gastronomia do minho durante os sécs. XVI, XVII e XVIII, com a Anabela Ramos

A bem da verdade o objetivo era conversar sobre a gastronomia desde o séc. XVI até aos dias de hoje, mas ficamos pelos séculos XVI, XVII e XVIII.

Em breve voltaremos à conversa 🙂

ANABELA RAMOS nasceu em Mangualde e vive há mais de vinte anos em Braga. É licenciada em História e mestre em História Moderna, pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, e pós-graduada em Ciências Documentais, pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Trabalhou no Arquivo Distrital de Viseu e presentemente exerce funções na Direcção Regional de Cultura do Norte. Em 2020 foi bolseira do projecto ReSEED da Universidade de Coimbra (Rescuing seed’s heritage: engaging in a new framework of agriculture and innovation since the 18th century).

Paralelamente, e no âmbito da sua actividade profissional, tem realizado vários trabalhos de investigação histórica, centrando-se no campo da história social da época moderna, de que se destacam os seguintes títulos publicados: Violência e justiça em terras do Montemuro (1708-1820) (1998); Casas solarengas do concelho de Mangualde (2009); Alimentar o corpo e saciar a alma: ritmos alimentares dos monges de Tibães, séc. XVII (2013); O cidrão: na história, no campo e na mesa (2014); Viúvas de Braga e outros doces do Convento dos Remédios (2019); Receitas e Remédios de Francisco Borges Henriques: inícios do século XVIII (2020).

Pode ouvir os restantes episódios aqui.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit sed.