Mesa na Praça: Um novo conceito a conhecer em Braga

Há um novo sítio onde pode reencontrar amigos e sentar-se à mesa para pôr a conversa em dia. Chama-se Mesa Na Praça e é o novo projeto da Sonae Sierra em colaboração com o Município de Braga. O espaço criado dentro do Mercado Municipal, tem como objetivo dar uma nova vida ao espaço da ala da alimentação daquele local, e ao mesmo tempo, permitir com que haja uma centralidade maior no centro histórico da cidade. “Juntar a valência de mercado à parte de restauração, bem como, aumentar a atração turística de outros públicos ao mercado” afirmou Olga Pereira, vereadora da Câmara Municipal de Braga.

Ao todo são 10 quiosques que por lá pode encontrar, cuja diversidade é o ponto de partida. Hambúrgueres, pratos italianos, doces típicos ou cervejas de todo o mundo são algumas das opções disponíveis.

Embora a abertura ainda seja recente, os espaços estão a abrir de forma gradual e o feedback é positivo. É o caso do “Chakburger”, uma hamburgueria cuja carne é 100% produzida em Portugal. “Começou por superar as expectativas e tem estado a correr muito bem” conta-nos Sebastião Gouveia, gerente de loja. Este é o primeiro espaço a título do Chef Chakall no Norte do país. Mas não é caso único, também Vítor Pinto, funcionário do “O Forno do leitão do Zé”, confirma-nos a recetividade por parte dos bracarenses. “Está a correr bastante bem. Ainda não há um fluxo muito grande porque ainda não está tudo aberto, no entanto, as pessoas já começam a aderir. De uma maneira geral, estamos satisfeitos”. Braga já estava na lista de opções desta casa e esta iniciativa foi a oportunidade ideal de abrir loja na cidade dos arcebispos.

Segundo Daniela Brito, Management Associate da Sonae Sierra,  havia necessidade de complementar a oferta de mercado ao disponibilizar produtos que os comerciantes locais pudessem não ter. “O objetivo era ter alguns espaços que acompanhassem o horário do mercado, cujo produto se pudesse comer ao balcão ou levar em takeaway. Algo que não houvesse nas bancas tradicionais. Como o caso do “O Tribunal das Cervejas”, da “Confeitaria Moura” e das “Frigideiras da Praça”, que para além da icónica frigideira, também tem salgados de todos os tipos, que pode levar já confecionados ou congelados”.

Ainda nesta iniciativa, há espaço para pequenas bancas. Neste momento, a Gelataria Pappa’Lab é um desses espaços temporários, que tem como missão dar a conhecer produtos locais e regionais. Um outro objetivo, é reservar um dos quiosques que ainda não se encontra comercializado, e torná-lo num espaço de flexibilidade e rotatividade. No fundo, é tentar dar a oportunidade a operadores regionais de divulgar e dar a experimentar novos produtos. O fator sazonalidade, acompanhará a par e passo o fator novidade.

Ainda por abrir, mas já com um lugar de destaque, é o restaurante que fica no Piso 1 do Mercado, que promete dar resposta aos clientes com menos pressa. O espaço ainda não se encontra comercializado, daí ainda não haver uma data prevista para a abertura.

Piso 1 do espaço, que terá uma parte reservada à zona do restaurante

Para sentar, para além dos cómodos lugares no interior do espaço, tem à sua disposição duas grandes esplanadas para quando as temperaturas subirem e o calor apertar. 

Neste lugar, a sustentabilidade é a palavra de ordem e os plásticos ficam de fora. 

O espaço está aberto de domingo a quinta-feira das 11h às 23h, sendo que, às sextas e sábados prolonga-se até às 00h. Se está de férias e o tempo sobra, é a altura ideal de juntar os amigos e reuni-los à mesa.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit sed.