Workshop. Vinhos Alvarinhos da Quinta do Soalheiro

Na região de Monção e Melgaço, a Quinta do Soalheiro é a primeira marca de Alvarinho a aparecer, em 1982 e, desde então, tem vindo a apostar no enoturismo e no melhoramento da qualidade dos seus vinhos, que contam já com inúmeras medalhas. Nos anos setenta, a paixão pela viticultura levou João António Cerdeira, diretor da Quinta do Soalheiro e o pai, António Esteves Ferreira, decidiram plantar a primeira vinha de Alvarinho e, em 1982, surge então a primeira marca de Alvarinho na região.

O Soalheiro está ligado à produção do vinho Alvarinho há mais de 40 anos, sempre com o foco na biodiversidade e sustentabilidade ambiental. Além da produção dos vários vinhos alvarinhos, a Quinta do Soalheiro aposta também no cultivo e comercialização de infusões, uma das grandes paixões da irmã do diretor, Maria João Cerdeira.

Em 2020, o Soalheiro apostou no alojamento local para chegar aos amantes do enoturismo e turismo rural. Uma pequena habitação rústica, a Casa das Infusões, surge como um novo capítulo na história da Quinta do Soalheiro e está rodeada pelas estufas de ervas aromáticas e perto da horta biológica. “Preservar o que temos e proporcionar uma experiência sensorial às pessoas, que lhes permite cheiras, tocar e experimentar, é o mais importante”, afirma Maria João.

Pode ler mais sobre a Quinta do Soalheiro e a sua história, no artigo do Sapo 24, aqui.

Caso prefira assistir a uma prova de vinhos, veja o vídeo.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit sed.